‘Tomarias tu ser velho’

Dia do idoso celebrado durante uma semana transforma desdém em festa

0
38

Em Portugal assinala-se o Dia Mundial da Terceira Idade, a 28 de outubro. Depois de prolongar a “semana da maioridade” para quinze dias, a Câmara Municipal de Ílhavo (CMI), através do seu pelouro da Maior Idade resolveu, prolongar também esta celebração e promoveu atividades para a sua comunidade sénior, durante sete dias (de 22 a 28).

A semana começou com a criação dos novos sacos de merchandising CMI

“Tomarias Tu Ser Velho” reuniu um conjunto de iniciativas em diversas áreas: arte, património, gastronomia ou a prevenção rodoviária, possibilitando-lhes também a visita a vários espaços municipais. Cristina Teixeira, do pelouro da Maior Idade, disse ao Jornal ‘O Ilhavense’ que este “chapéu da comemoração do ‘Dia do idoso’ pretende estender-se por mais do que um dia, para que eles possam estar em diversos quadrantes, diversas iniciativas, de diversas áreas”.

Fórum Municipal da Maior Idade

Todos os sacos estão à venda nos Postos de Turismo e na CMI

A tarde de segunda-feira começou no Fórum Municipal da Maior Idade, na Gafanha da Nazaré, com uma oficina de sacos de pano, “com uma utilidade muito grande, decorados de forma personalizada, com recurso a técnicas que eles, melhor do que ninguém, sabem usar”, explica a técnica, que acredita que “vai haver matéria bonita que pode ser aproveitada, por qualquer pessoa. O objetivo é ter os sacos decorados com pompons e os pompons são também parte da imagem de marca deste grupo”, esclarece.

Fátima Teles, vereadora do pelouro da Maior Idade, disse ao Jornal ‘O Ilhavense’ que um dos objetivos é “a desconstrução de estereótipos e a mudança de mentalidades em torno da população mais velha”.

A autarca confirmou que “foi nesta linha que o programa desta semana foi pensado” e que o balanço “é muito positivo. Conseguimos mobilizar e trazer às atividades um número considerável de pessoas, que tiveram a oportunidade de participar em iniciativas diferentes, contactando com outros cenários, outros equipamentos e conhecer novas realidades”, continuou.

Na tarde de dia 23, os seniores foram até à Biblioteca Municipal de Ílhavo conhecer a exposição patente “Atlas das Viagens e dos Descobrimentos”, através de uma visita guiada. Na quarta-feira, a Casa da Cultura de Ílhavo abriu portas para que os maiores assistissem à peça “Antes de Começar”, levada a palco pela companhia +Palco, que deu assim vida a uma obra de Almada Negreiros. No dia seguinte, (25) o Centro de Documentação de Ílhavo, desenvolveu mais uma edição de “O Arquivo do Avesso: Genealogias I”, proporcionando a este público-alvo a descoberta das suas origens.

Leia a notícia completa na edição em papel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Introduza o seu comentário
Introduza o seu nome