Voto contra

0
42

Hoje parece que o Mundo anda a sofrer de qualquer coisa que se podia chamar, o Síndroma do Voto Contra! Uma pessoa comum, a olhar para as notícias, independentemente das opiniões que tem, ou mesmo independente de ter ou não opinião, vai percebendo que agora, mais do que ouvirmos as pessoas a falar que são a favor disto ou daquilo, desta ou daquela pessoa, deste ou daquele programa, ouvimos as pessoas, e mesmo as instituições, a serem, apenas, contra.

Olhando para as ultimas eleições mais mediáticas no nosso Mundo, o referendo do Brexit, a eleição do Trump e agora esta última, no Brasil.

No Reino Unido (ou em parte dele…) votou-se contra a Europa, nem sabiam bem o que se passaria de seguida, caso a recusa de permanecer na Europa avançasse, como se pode ver agora. Estão tão atrapalhados que andam a ver se arrastam isto enquanto o resto dos países europeus, e bem, não lhes passam grande cartucho. Querem ir embora? Vão! Ainda não foram?

Porquê? Não votaram a favor de nada, nem pensaram nisso. Importante era mostrar que estavam contra. Refugiados, principalmente. Bem, toda a gente acha normal que os europeus tenham fugido para o norte de África na Segunda Guerra Mundial, mas agora quando os refugiados africanos, fogem das guerras (feitas com armas vendidas pelos europeus), já é um escândalo alimentador de personagens tipo Marine le Pen e figurinos do tipo.

Leia o artigo completo na edição em papel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Introduza o seu comentário
Introduza o seu nome