Carlos Paião condecorado pelo Presidente da República

0

Tal como O Ilhavense noticiou na passada segunda feira, dia 14 de setembro, Carlos Paião foi condecorado pelo Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa.

Segundo o seu biógrafo Nuno Gonçalo da Paula:
«Na passada 5.ª feira, dia 10, o Presidente da República distinguiu, a título póstumo, Carlos Paião, como Comendador da Ordem do Infante D. Henrique. Na atribuição de insígnias, o Presidente realçou que, em nome de todos os portugueses, queria expressar a gratidão e o carinho perante a obra e a figura de Carlos Paião, transversais na sociedade portuguesa e em várias gerações. Ele próprio teve a perceção de que Carlos Paião é uma figura intemporal e que estabelece pontes, na música e nas pessoas, e viu isso em particular nas comunidades portuguesas pelo mundo. Por essa razão, encontrou na Ordem do Infante D. Henrique a forma de o expressar. Tal como o Infante, também Carlos Paião rasgou novos horizontes na música. Além disso, através dos seus pais, quis, em nome do Estado Português, agradecer o muito que o artista e autor contribuiu para a Música Portuguesa e fê-lo através desta condecoração, que lhe é particularmente grata conferir nas mãos seus pais. Carlos Paião será sempre para os portugueses um nome que representa muito talento e inspira muito carinho e saudade.

Em nome dos pais e como biógrafo de Carlos Paião, tive oportunidade de agradecer ao Presidente da República o reconhecimento do seu talento e do seu génio, constituindo aquele momento uma enorme alegria, sobretudo pelas mãos de Marcelo Rebelo de Sousa, que demonstra particular atenção às Artes com a linguagem dos afetos. Na verdade, em 2020 completam-se 40 anos do primeiro disco e da profissionalização de Carlos Paião, cuja distinção prova para sempre a atualidade, a ternura e o talento deste grande artista português.»

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Introduza o seu comentário
Introduza o seu nome