Foto: CMI

O Grupo de Teatro Ribalta volta a organizar o Festival de Teatro João D’Almeida durante o próximo mês de outubro no Laboratório das Artes, Vista Alegre. O nome do evento é em homenagem ao histórico encenador do grupo.

No dia 1 de outubro, esta edição do festival é inaugurada pel’A Contacto – Companhia de Teatro Água Corrente de Ovar com a peça “Falar Verdade a Mentir”, de Almeida Garrett. No dia 8 é a vez de AACE – Grupo Casca de Nós, de Ermesinde, com a peça “Romeu & Julieta”, de William Shakespeare. Uma semana depois, no dia 15, de São Pedro do Sul, o Cénico – Grupo Teatro Popular, apresenta a peça “Atrás do Sofá”, de Alcir Nicolau Pereira. Para dia 22 está marcada a apresentação do GEDE – Grupo de Expressão Dramática de Escapães, com a peça “Estará ele mesmo morto?”, de Carlos Leite Ribeiro. Finalmente, no dia 29, o festival termina com o anfitrião Grupo de Teatro Ribalta a subir ao palco com a peça “Criada para Todo o Serviço”, numa adaptação de Armando Cortez.

Para além da homenagem ao multifacetado João D’Almeida, que se estreou com apenas nove anos de idade, destacando-se na poesia, pintura e teatro, outro dos grandes objetivos desta iniciativa é o intercâmbio cultural e artístico entre grupos de teatro amador. O Ribalta crê ainda que este intercâmbio “vai motivar o crescimento do grupo ilhavense” e que “a vinda destas companhias amadoras ao nosso teatro vai permitir ao público desfrutar de novas peças e estabelecer um grau de comparação com o teatro que por cá tem vindo a ser feito”.

Publicidade