Homenagear os que são “exemplo na comunidade” como reconhecimento do “mérito e do bem”, foi assim que o presidente da Câmara, Fernando Caçoilo, justificou a cerimónia, no Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, da entrega de medalhas aos ilhavenses homenageados nos anos de 2020 e 2021 que, devido à pandemia, não aconteceu, como habitualmente, no feriado municipal.

* Leia a notícia completa na edição em papel ou na edição online em https://oilhavense.com/jornal-online

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Introduza o seu comentário
Introduza o seu nome