Foto: CMI

Cem anos após o nascimento de D. Júlio Tavares Rebimbas, a Câmara Municipal de Ílhavo inaugura, esta sexta-feira, dia 21, às 17h, no Centro de Religiosidade Marítima, polo museológico do Museu Marítimo de Ílhavo, uma exposição fotobiográfica, na qual se realça a sua vida sacerdotal.

A exposição “D. Júlio Tavares Rebimbas: centenário, exposição e fotobiografia” reúne memórias e objetos do sacerdote, permanecendo no Centro de Religiosidade Marítima até 15 de agosto, com visita gratuita.

D. Júlio Tavares Rebimbas nasceu no Bunheiro, a 21 de janeiro de 1922, filho de uma família modesta, à beira da Ria de Aveiro, tendo encontrado o seu caminho no seminário, onde se tornou sacerdote. Faleceu aos 88 anos, a 6 de dezembro de 2010. Dedicou a vida à Igreja de norte a sul de Portugal, sendo prior em Ílhavo, e Bispo e Arcebispo nas Dioceses do Algarve, Lisboa, Viana do Castelo e Porto. Em gratidão, doou a Ílhavo a sua cruz peitoral oferecida na sua ordenação a Bispo do Algarve, a 26 de dezembro de 1966, atualmente exposta no Centro de Religiosidade Marítima.

Publicidade