Foto: CMI

O Executivo Municipal aprovou o Relatório e Contas da Câmara Municipal de Ílhavo de 2021, em sede de reunião de câmara.

No exercício económico de 2021, o município viu o seu ativo atingir os 184,4 milhões de euros (M€) face aos 182,1M€ em 2020, representando um ligeiro acréscimo de 1,23%.

O passivo contabilístico passou de 24,2M€ em 2020 para 23,5M€ em 2021, verificando-se uma diminuição de 2,86%.

Em 2021, os gastos atingiram o montante de 26,2M€, mais 4,2M€ que em 2020, o que corresponde a um aumento de 18%, justificado pelo aumento nas despesas com o pessoal, as aquisições de serviços e o reforço de provisões para processos judiciais a decorrer.

Os rendimentos atingiram os 26,4M€, mais 1,4M€ em relação a 2020. Consequentemente, os resultados líquidos cifraram-se apenas em 0,2M€ contra 2,9M€ de 2020.

“O ano de 2021 representou uma mudança de governação na gestão da autarquia, com a entrada de um novo Executivo Municipal. Neste novo ciclo governativo que lideramos, iremos privilegiar o rigor e a sustentabilidade do orçamento municipal, tendo como suporte a estrutura humana, mais motivada e reforçada para melhor responder aos novos desafios e onde se inclui a transferência de competências. Esta nova governação apresenta-se atenta à gestão das contrariedades atuais, ao bom desempenho, à adequada flexibilidade orçamental, e com redobrada ambição e determinação na gestão da Câmara Municipal e na concretização do importante ciclo de investimentos”, afirma João Campolargo, presidente da Câmara.

O Relatório e Contas de 2021 será remetido à Assembleia Municipal para apreciação e aprovação.

Publicidade