Foto: CMI

No passado dia 18 de junho, a Casa da Cultura acolheu mais de 500 seniores nas ‘Idolíadas – Concurso Artístico para Seniores’, que, segundo a Câmara Municipal, é a “maior prova artística sénior realizada em Portugal”.

Nesta edição, em que se elevou “ao máximo a alegria, a diversão e a emoção”, atingiu-se um novo recorde de participantes – oriundos de Águeda, Albergaria-a-Velha, Aveiro, Ílhavo, Mira, Oliveira do Bairro, Ovar, Sever do Vouga e Vagos – que mostraram o seu talento, criatividade e imaginação nas áreas da cultural geral, teatro, música, dança, arte plástica e fotografia.

O presidente da Câmara, João Campolargo, reiterou que esta iniciativa é “a prova de que não há idade para o sonho e que vamos mais longe quando caminhamos juntos”. Sublinhou também a reunião “de 500 vontades gigantes de continuar a descobrir, de continuar a aprender, de continuar a viver, de continuar a ser”.

“Sabemos que o amor não deixa envelhecer. Com amor, os nossos maiores ganham o poder das crianças de sonhar e tornar tudo possível. Esta tarde somos testemunhas de centenas de maiores que decidiram conservar a sua alma jovem e aberta à vida e ao futuro. Aprendemos que não se envelhece para morrer”, concluiu.

Os prémios serão entregues aos vencedores na ‘Gala Idolíadas’, que acontece esta quinta-feira, dia 23, às 15 horas, no Laboratório das Artes – Teatro da Vista Alegre.

Publicidade