Pedro Velhinho em competição

A Costa Nova vai acolher a competição Kneeboard Surfing World Titles de 8 a 18 de setembro.

Esta é a primeira vez que o Campeonato do Mundo de Kneeboard se realiza em Portugal, numa organização conjunta da Associação de Surf de Aveiro (ASA), da Federação Portuguesa de Surf e da World Titles Kneeboard Surfing.

São esperados cerca de 100 atletas, sendo que 11 dos cerca de 80 já inscritos são portugueses.

Em competição estarão 13 categorias: Open Women, Cadetes Sub-16, Cadetes Sub-18, Pro Júnior Sub-21, Senior Men (mais de 30 anos), Masters Men (mais de 35 anos; Grand Master Men (mais de 40 anos), Kahuna Men (mais de 45 anos), Veteran Men (mais de 50 anos), Open Men, Legends, Immortals e Tag Team (equipas mistas de cinco elementos).

Pedro Velhinho é, para além de presidente da ASA, o atual tetracampeão nacional, um título que já conquistou por 13 ocasiões em toda a carreira, tendo arrecadado dois quintos lugares, na categoria Grand Master, em Espanha (2017) e na Nova Zelândia (2020).

“Quando fui a Espanha para participar no festival de Kneeboard que se realiza em Santander, senti-me desafiado a trazer a competição para Portugal. Inteirei-me da forma que as coisas se realizavam e, entretanto, vieram uns australianos aqui para a Costa Nova que me desafiaram a enviar uma candidatura”, contou Pedro Velhinho. “Enviámos a candidatura e a ASA assumiu a organização. Quando vieram avaliar o potencial da zona, atribuíram-nos a organização da edição 2022, porque a de 2020 já estava entregue à Nova Zelândia”, revelou.

A prova tem o apoio da Câmara Municipal de Ílhavo e do Turismo Centro de Portugal.

Publicidade