Foto: CMI

Sete anos depois da última participação, o município volta a aderir à Semana Europeia da Mobilidade, que este ano decorre entre 16 e 22 de setembro.

Para assinalar estes dias, a Câmara Municipal preparou um programa que visa promover o uso da bicicleta, sensibilizar a comunidade para a mobilidade sustentável e sinalizar as zonas que privilegiem os peões e a circulação não motorizada.

No dia 16, a Câmara Municipal lança, no seu website e redes sociais, o “Mapa da Rede Ciclável”, de forma a incentivar o uso da bicicleta nas deslocações quotidianas. Também nas plataformas online da CMI, inicia-se, nesse dia, o “Inquérito sobre Padrões de Mobilidade do Município de Ílhavo”, que visa obter dados sobre o modo de transporte, duração das viagens, distâncias, número de bicicletas por agregado familiar, frequência de uso, entre outras informações sobre os hábitos dos ilhavenses.

Durante essa semana, a EMER (Escola Municipal de Educação Rodoviária) vai ao encontro da comunidade, levando os carrinhos de educação rodoviária até fora de portas da escola. No dia 17, das 9h30 às 12h30, estará na Praia da Barra, no Largo do Farol; no dia seguinte, ruma à Costa Nova, instala-se, no mesmo horário, na Calçada Arrais Ançã. A EMER deverá ainda realizar outras deslocalizações a escolas e ao centro de Ílhavo, em data a divulgar brevemente.

Sabe-se também que, daqui em diante, passa a ser mais cómodo e seguro ir de bicicleta ao Museu Marítimo e ao Centro de Religiosidade Marítima, uma vez que estes espaços passam a disponibilizar estacionamento para estes veículos. Para além disso, de 16 a 22 de setembro, quem se deslocar aos museus municipais de bicicleta, beneficiará de um desconto de 50% na bilheteira.

Para quem não sabe andar de bicicleta, a EMER vai dinamizar um programa de aprendizagem de utilização do veículo de duas rodas, que decorrerá ao longo de todo o ano, dirigido tanto a crianças como a adultos. Para apoiar quem circula de bicicleta, a autarquia passa a disponibilizar, no website, uma lista de oficinas de reparação de bicicletas existentes no município.

A Câmara Municipal aproveita a Semana Europeia da Mobilidade para lançar o concurso “O meu capacete é melhor que o teu”, dirigido a alunos do 1º ciclo do Ensino Básico do município, com o intuito de incentivar a utilização deste acessório de proteção.

A partir desta semana, até ao final do ano, inicia-se a sinalização de “Zonas 30” e “Zonas de Coexistência”. No Centro Histórico de Ílhavo, passam a estar sinalizadas, como “zonas 30”, as Ruas Arcebispo Pereira Bilhano, Tenente Valadim, Serpa Pinto, Dr. Celestino Gomes, Dr. João Carlos Celestino Gomes, João de Deus. Na Gafanha da Nazaré, esta sinalização será implementada num troço da Avenida José Estevão. Na Gafanha da Encarnação, na zona da Junta de Freguesia/Extensão de Saúde e Escola 1º Ciclo. E na Gafanha do Carmo, na zona envolvente da Igreja, Junta de Freguesia e Edifício Socioeducativo. Tratam-se de zonas que promovem a deslocação a pé em segurança e a convivência entre os diversos modos de deslocação. A autarquia refere que esta “é uma opção estratégica de valorização do peão e da bicicleta, procurando-se criar condições para que os peões se sintam em segurança, promovendo um quotidiano mais sustentável a todos os níveis”.

Como “zonas de coexistência” passam a estar sinalizadas a Avenida da Saudade e a Avenida Manuel da Maia, ambas na Freguesia de São Salvador, prevendo-se que no futuro sejam criadas ainda mais zonas com estas características.

A Semana Europeia da Mobilidade é uma campanha da Comissão Europeia, coordenada, em Portugal, pela Agência Portuguesa do Ambiente, com o intuito de consciencializar para a mobilidade urbana sustentável, procurando incentivar as mudanças de comportamento a favor da mobilidade ativa, do transporte público e de outras soluções de transporte limpas e inteligentes.

Em 2022, a Semana Europeia da Mobilidade tem como tema “Melhores Ligações”, com o slogan “Combina e move-te”. A iniciativa deverá realizar-se, pelo menos, em 41 países, com 2099 localidades inscritas até ao passado dia 12 de setembro, 77 das quais são portuguesas.

Publicidade