Fábio Vilarinho, líder da bancada do PS na Assembleia de Freguesia da Gafanha do Carmo

O PS mostrou-se “profundamente desiludido” com o PSD, relativamente ao chumbo de uma moção que propunha a instalação de uma creche na Gafanha do Carmo, votada na Assembleia de Freguesia da Gafanha do Carmo.

Para o Partido Socialista, o chumbo desta “medida há muito reivindicada pelos habitantes” resulta “numa oportunidade perdida para promover a proximidade daquela resposta social na comunidade, a igualdade de oportunidades, a fixação de jovens e a natalidade”.

“Os eleitos socialistas, no quadro do seu compromisso eleitoral e do que estão convictos ser um anseio da população, consideram que a inexistência de creche tem-se revelado um transtorno para as jovens famílias residentes na Gafanha do Carmo, que acabam por procurar resposta noutras freguesias e concelhos”, pode ler-se no comunicado dos socialistas, que alerta ainda para o possível afastamento das “novas gerações da freguesia”, para além de “perturbar a sua coesão social e identidade”.

O PS mostra-se “profundamente desiludido com este comportamento”, mas garante “continuar a lutar por esta pretensão da população” da Gafanha do Carmo.

Publicidade