Memórias Esparsas de Uma Vida – Recordações da pesca do Bacalhau

Livro do Capitão Valdemar Aveiro apresentado no MMI

0
455
Valdemar Aveiro

Depois dos seus livros: 80 Graus Norte; Histórias Desconhecidas dos Grandes Trabalhadores do Mar; Murmúrios do Vento; Ecos do Grande Norte; Nómadas do Oceano e de Heróis que o Tempo não Apaga, que fazem parte da colecção “Recordações da Pesca do Bacalhau”, Valdemar Aveiro lançou, no passado dia 11 de Maio, no Auditório do M.M.I. o seu último livro em título que teve como apresentador o nosso sobejamente conhecido investigador, escritor, historiador, Engº. Senos da Fonseca que, sobre Memórias Esparsas de que escreveu o Prefácio, começaria por referir tratar-se de “memórias esparsas” a fazer suscitar a ansiedade comparando-o com o estado de espírito das “meninas feias” em vésperas de um baile que lhes sustentava desejos e expectativas não correspondidas porque, afinal, poucos rapazes as “tiravam” para dançar. Senos da Fonseca consideraria que estar ali na qualidade de apresentador deste livro, seria como que “ir de novo à rede”  para interpretar o livro de que escrevera o prefácio, considerando ser este um dos sete livros do autor a não ter necessidade deste título porque todo ele feito de “memórias” de momentos de vida que, por serem muito próprias, raramente se abordam por se tratar de memórias que moldaram a forma de ser do autor…

Livro “Memórias Esparsas de uma Vida – Recordações da Pesca do Bacalhau” – Valdemar Aveiro

Assim e no Prefácio começa Senos da Fonseca por escrever que «Neste livro – Memórias Esparsas de Uma Vida – quase ensaio biográfico, Valdemar Aveiro traz, sem grande cerimónia – mas cheio de intenção – um descritivo cheio de afectos que, desce, por vezes, às funduras mais íntimas do seu ser, à mistura com apreciações vibráteis, sarcásticas, carregadas de irónica voluptuosidade na abordagem de certos costumes. Estamos, assim, bem longe da macerada vida de capitão pescador que, longa e circunstancialmente descreve, na dupla trilogia com que, ao sabor das marés, vem, há anos, com assinalável êxito, fazendo as delícias dos seus já numerosos e fiéis leitores…

Leia a notícia completa na edição em papel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Introduza o seu comentário
Introduza o seu nome