Sensores para controlar vinho desenvolvidos em Ílhavo

PRÉMIO INOVAÇÃO NOS

0
69
Ilhavo, 04/07/2018 - Rogério Nogueira CEO e Lucia Bilro CETO da empresa Watgrid no Creative Science Park em Aveiro. (Pedro Correia/Global Imagens)

Winegrid rastreia produção de vinho desde a prensa até ao engarrafamento.

A próxima vez que degustar um bom copo de vinho, saiba que por detrás pode estar a tecnologia WineGrid, desenvolvida pela Watgrid a partir das suas instalações no Parque de Ciência e Inovação, em Ílhavo. A empresa foi criada em 2014, no seguimento de trabalhos iniciados em meio académico por Rogério Nogueira, professor na Universidade de Aveiro, e Lúcia Bilro, aluna de doutoramento. Desenvolviam tecnologia para monitorizar líquidos e, inicialmente, estudaram a viabilidade do produto para aplicação em água. Mas à medida que o projeto evoluía, perceberam que tinha características interessante que poderiam ser aplicadas no mercado do vinho.

O que é o Winegrid?

Acontece que, desde a prensa à fermentação e à fase de estágio, o vinho passa por várias fases. Em cada uma delas, há diferentes parâmetros que é importante controlar para se ter um produto de qualidade. “Nós desenvolvemos sensores de cinco parâmetros que são críticos em várias fases de produção de vinho: a temperatura, o nível, a densidade, a cor e a turvação”, explica a investigadora Lúcia Bilro. […]

“Com este produto, é possível digitalizar os diferentes processos, permitindo a rastreabilidade desde que a uva chega à adega até que o vinho está pronto para ser engarrafado, em tempo real”, acrescenta Lúcia Bilro.

É assim possível acompanhar as diferentes necessidades em cada fase da produção e retirar trabalho aos enólogos e técnicos, que têm de fazer trabalhos rotineiros de testes e provas e deslocações propositadas para controlar as etapas de produção.
Os sensores são um hardware único, com grande robustez mecânica e materiais que não estragam o perfil aromático do vinho, garantem os investigadores, que lideram uma equipa de 14 pessoas. […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Introduza o seu comentário
Introduza o seu nome