Contra Tudo e Contra Todos

0
157

Não foi por Sérgio Conceição dizer que há jogadores no plantel, que não tem qualidade suficiente para representar o F.C.P. e que são precisos reforços, nem por termos perdido um mero jogo-treino que estou mais ou menos preocupado com a próxima época.
O adepto vive em permanente estado de ansiedade, já se sabe. As alegrias duram poucas horas, as angústias ocupam-nos a vida toda.
Para o nosso Clube, tudo é sempre pouco e os problemas parecem sempre gigantes.
É fácil ser frio, quando olhamos para a casa doutros, e muito difícil quando olhamos para a nossa.
Por exemplo, o nosso Treinador disse o óbvio, disse o que todos os homens e mulheres do F.C.P. estão carecas de saber. São precisos reforços e há jogadores que não servem para o clube.
É aquela a sua forma de estar no Futebol, não tem papas na língua.
Em qualquer circunstância só mereceria o meu aplauso, mas nesta situação, preferia que apenas o tivesse dito (e não tenho dúvidas nenhumas de que já o fez) aos dirigentes do F. C. PORTO.

Leia o artigo completo na edição em papel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Introduza o seu comentário
Introduza o seu nome