Antes de mais um enorme obrigado ao Ilhavense por esta oportunidade. Aos leitores agradeço a paciência mas para mim também é uma novidade. Por último, uma palavra de apreço ao João Balseiro que tenho o prazer de substituir neste espaço.

Tive a sorte de efetuar a minha primeira cronica após uma jornada Histórica.

À 3ª jornada da época todos os grandes perderam pontos, pese embora o nosso Porto tenha sido o que mais perdeu (3 pontos, 5 golos em caixa), sendo que apenas por três vezes na nossa História o Porto consentiu uma reviravolta depois de estar com 2 golos de vantagem ao intervalo.

Agora duas, três ilações.

Iniciámos a nossa época com mais um troféu (Supertaça), também não é menos verdade que depois dessa conquista entramos em desaceleração acentuada.

Entrámos na liga com um fantástico 5-0 ao Desportivo de Chaves, entrada forte e vitória inequívoca.

Com o Belenenses repetimos essa mesma entrada e terminámos com uma vitória com 2-3 (gasolina a escassear).

Leia o artigo completo na edição em papel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Introduza o seu comentário
Introduza o seu nome