Assinado protocolo para a recuperação do cordão dunar

0
83

A Câmara Municipal de Ílhavo estabeleceu um protocolo com a Agência Portuguesa do Ambiente para a recuperação e estabilização do cordão dunar entre as praias da Barra e da Costa Nova. O protocolo permitirá, a curto e médio prazos, apresentar uma candidatura aos fundos comunitários e desencadear o procedimento para a elaboração de concurso e contrato de empreitada, com um investimento estimado em 450 mil euros (acrescidos de IVA), sendo 75% comparticipado pelo Quadro Comunitário e 12,5% da responsabilidade da Câmara Municipal de Ílhavo.

Com esta operação ambiental, a autarquia “assegura a proteção do território e a segurança das pessoas, garante a diversidade da paisagem e dos recursos naturais, preserva e mantém equilibrada a linha costeira e promove a mitigação dos impactos decorrentes do processo de erosão provocado pelo avanço das águas”, é realçado em comunicado.

Esta ação encontra-se enquadrada no Plano Litoral XXI, como prioridade média na tipologia de ação Proteção Costeira em Zonas de Risco, e no POC Ovar-Marinha Grande (Plano de Ordenamento da Orla Costeira), como nível 2, com o objetivo de proteger o litoral e contrariar o recuo da linha de costa, através de várias intervenções, nas quais se inclui a ligação dos passadiços entre as praias do Município.

“A Câmara Municipal, enquanto entidade com atribuições na gestão do território municipal, tem manifestado, por diversas vezes, a sua preocupação pela tendência erosiva significativa no troço costeiro entre as Praias da Barra e da Costa Nova”, é, ainda, recordado na nota enviada à imprensa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Introduza o seu comentário
Introduza o seu nome