Câmara investe 1 milhão de euros em duas obras de requalificação urbana

0
273

A Câmara Municipal de Ílhavo adjudicou duas obras de requalificação urbana no centro da cidade com o valor global de quase um milhão de euros.

Segundo o comunicado camarário, o maior valor, cerca de 623 mil euros, vai ser gasto na requalificação do bairro dos pescadores. A outra obra, adjudicada por 368 mil euros, incide na zona do CIEMar – Centro de Investigação e Empreendedorismo do Mar -, com a requalificação dos acessos e zona verde. Estas duas empreitadas, com prazos de execução de doze e oito meses, respetivamente, enquadram-se na estratégica de recuperação e qualificação das áreas urbanas degradadas, que a câmara delineou numa “perspetiva integrada de valorização e otimização dos espaços públicos e das suas componentes”.

“Estas duas requalificações, cofinanciadas pelo Centro 2020 (Portugal 2020), irão permitir empreitadas de execução das redes de Drenagem de Águas Pluviais e Drenagem de Águas Residuais, para além das redes de Incêndio, Gás e Telecomunicações, entre outras intervenções no espaço público que possam dar solução e resposta a problemas estruturais e funcionais”, refere na mesma nota.

A autarquia adjudicou ainda a execução de uma área de acolhimento na Gafanha de Aquém pelo valor de 457 mil euros. A obra, cujo prazo de execução é de 10 meses, visa criar condições que “potenciem a localização de indústrias de nova geração no território, designadamente as relacionadas com a indústria 4.0”. Segundo a autarquia, a obra já tem financiamento garantido de fundos comunitários na ordem dos 85%, no âmbito do Programa Operacional Regional do Centro, do Portugal2020. O projeto prevê, nas diversas fases de implementação, a conjugação de infraestruturas físicas com diferentes tipos de serviços de apoio às empresas, sendo o modelo de gestão repartido entre a autarquia, entidades públicas e associativas, através de acordos de parcerias e protocolos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Introduza o seu comentário
Introduza o seu nome