Dez mil pessoas num evento que quer continuar a revolucionar o envelhecimento

0
15

Chegou ao fim, a 5 de outubro, a edição de 2019 do Festival Cabelos Brancos. Mantendo as quatro áreas de ação que foram implementadas em 2018 – Arte, Trilhos, Mudança e Tradição – o Festival Cabelos Brancos 2019 proporcionou, durante 16 dias, cerca de 50 iniciativas que foram vivenciadas por mais de 10 mil pessoas, numa festa intergeracional e que extravasou as fronteiras do Município de Ílhavo, acolhendo participações de seniores de Águeda, Aveiro, Vagos, Coimbra, Lisboa e Porto.

Sobre dois primeiros dias o evento, em que a vertente “Arte” ganhou mais relevância e o epicentro foi o Jardim Henriqueta Maia, já falámos na anterior edição d’O ILHAVENSE. Não esquecemos o concerto de Lena d’Água, o “Baile de Quimeras”, a “Máscara” ou aquele memorável DJ set das seniores Graciete Abreu e Rosa Labrincha que pôs velhos e novos a dançar noite fora.

Mas a primeira semana foi ainda marcada pelos “Trilhos”, percursos e descobertas culturais e históricas, que levaram perto de mil e duzentos seniores a calcorrear mais de mil quilómetros ao encontro de outras realidades, em seis cidades diferentes do país.

A “Mudança” – outra das temáticas do festival – trouxe várias iniciativas que destacaram o papel da mulher ao longo dos tempos. Neste âmbito, um especial enfoque para tertúlia “Mulher Cuidadora” e o Seminário “O Envelhecer no Feminino”, dinamizadas pela participação e visão de profissionais de diversas áreas disciplinares e técnicas.

Quanto à vertente da “Tradição”, que também já mereceu destaque no anterior número d’O ILHAVENSE, o momento alto foi a Festa dos Bacalhoeiros que reuniu mais de duas centenas de antigos pescadores da faina maior provenientes de vários pontos do país. Esta quarta vertente teve ainda um segundo momento de destaque nos momentos finais do Festival com a realização do Sarau da Maior Idade que esgotou o auditório da Casa da Cultura de Ílhavo e levou ao palco mais de 100 seniores naquela que é a Festa dos Artistas Amadores seniores das várias Instituições do Município.

O Festival Cabelos Brancos promete regressar em 2020 para “continuar a revolucionar a forma de encarar o envelhecimento”. A organização garante que “o Município de Ílhavo vai voltar a querer ter cabelos brancos”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Introduza o seu comentário
Introduza o seu nome