PS quer câmara a apoiar o relançamento do comércio local

Socialistas defendem a suspensão da cobrança de todas as taxas relativas à ocupação do espaço público e publicidade aos estabelecimentos comerciais do concelho, bem como outras medidas de incentivo.

0

No dia 26 de maio, no decorrer da segunda fase de desconfinamento e da consequente reabertura de restaurantes, cafés e lojas do comércio local, dirigentes e autarcas do Partido Socialistas de Ílhavo visitaram alguns estabelecimentos ilhavenses para “tomar contacto com a realidade dos negócios ali desenvolvidos”. 

Mais tarde, em comunicado, os socialistas afirmam ter constatado “o esforço que os empresários fazem para receber as pessoas, no quadro das normas de prevenção sanitária que condicionam as suas atividades”. O PS Ílhavo saúda “os clientes [que] procuram respeitar as orientações emanadas pelas autoridades de saúde” e apela a que “a população usufrua do comércio local, como forma de apoiar o relançamento dos negócios do concelho”.

O Partido Socialista de Ílhavo defende que a Câmara Municipal deve ter “um papel pró-ativo no apoio à dinamização do comércio local”. Para o efeito, entende o PS que durante o ano 2020, deve ser suspensa a cobrança de todas as taxas relativas à ocupação de espaço público e publicidade a todos os estabelecimentos comerciais, bem como a isenção integral dos pagamentos de taxas por ocupação da via pública por esplanadas e de licenciamento do aumento daqueles espaços. Defende também que deve ser reduzido o valor de rendas das concessões e alugueres devidos ao município em espaços comerciais.

O PS Ílhavo apela ainda que seja despoletado o estudo por parte da câmara, em conjunto com os diversos agentes económicos do concelho, de um pacote de medidas de auxílio de emergência – no quadro das competências e capacidade financeira da autarquia – às micro, pequenas e médias empresas do concelho.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Introduza o seu comentário
Introduza o seu nome