Tivemos a sorte de nascer e viver num lugar onde habita o jornal “O Ilhavense”. Sem este jornal, seríamos todos mais pobres. Por isso, é com um sentimento de alegria e de gratidão que felicito o jornal “O Ilhavense” pelo seu 100.º aniversário.
Este centenário é um marco histórico na comunicação social do Município de Ílhavo e na Região de Aveiro.
Graças ao jornal “O Ilhavense” os nossos emigrantes, à distância de milhares de quilómetros da sua terra natal, continuaram e continuam ligados, fortalecendo as suas raízes, através das edições deste periódico enviadas para as suas caixas de correio.
Com o jornal “O Ilhavense”, a nossa comunidade evoluiu, pois, um jornal é sempre uma janela aberta para o conhecimento, para a reflexão e para o exercício da cidadania responsável e comprometida.
Nas suas páginas, a nossa memória e história coletivas estão eternizadas. É importante que tenhamos consciência do valor que este jornal representa na nossa vida individual e coletiva.
Aos acionistas, jornalistas, colaboradores e colunistas do jornal “O Ilhavense” que escreveram esta história de 100 anos, longa e rica, o nosso obrigado!
Aos que atualmente trabalham e colaboram no jornal deixo uma mensagem de coragem e determinação na renovada história dos próximos 100 anos. Acredito que o contexto altamente desafiante que a comunicação social vive será mais um desafio a superar.
Como nos dizia Luís Vaz de Camões: “Todo o mundo é composto de mudança/tomando sempre novas qualidades”. É esta a esperança que nos acompanhará sempre, enquanto comunidade, onde “O Ilhavense” se quer sempre presente e forte.

Por João Campolargo, Presidente da Câmara de Ílhavo

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Introduza o seu comentário
Introduza o seu nome