Foto: CMI

O Vereador eleito pelo Partido Socialista (PS), Sérgio Lopes, reiterou a sua intenção de promover a revisão do regimento da Câmara Municipal, no sentido de determinar a transmissão em direto das reuniões de Câmara, à semelhança do que sucederá brevemente com as reuniões de Assembleia Municipal.

O autarca do PS lembrou, na última reunião de Câmara, que o regimento em vigor obteve o voto favorável do Vereador do PS, tendo como condição o compromisso assumido pelo Presidente da Câmara de avaliar as condições de aplicabilidade das propostas dos socialistas, o que ainda não sucedeu, apesar de estarem já volvidos cinco meses sobre o início do mandato liderado por João Campolargo, do movimento Unir Para Fazer.

Nesse contexto, o anterior Vereador do PS, Eduardo Conde, também tinha proposto a alteração da hora de reunião para as 17h, ao invés das 15h, e a determinação de que todas as reuniões ordinárias sejam de carácter público, ao contrário de apenas uma reunião pública por mês.

Em comunicado, o PS defende que “a aproximação entre eleitos e eleitores deve ser uma prioridade do Município de Ílhavo, e que as propostas em causa são, nesse contexto, de implementação desejável e urgente”.

Publicidade