Protocolos de cooperação entre o Município de Ílhavo e Centros de Investigação

0
108

O Centro de Documentação de Ílhavo (CDI), da Câmara Municipal, tem como competências, entre outras, o desenvolvimento de projetos que visam dar a conhecer a história e o património do Município; a colaboração e promoção de ações e programas de índole cultural; e a divulgação e devolução à comunidade do conhecimento adquirido pelos investigadores que consultam o Arquivo do CDI.

Na persecução destes princípios, o Executivo Municipal aprovou as propostas de celebração de Protocolos de Cooperação entre o Município de Ílhavo e dois Centros de Investigação nacionais: o Laboratório de Paisagens, Património e Território da Universidade do Minho (Lab2PT) e o Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX da Universidade de Coimbra (CEIS 20).

No caso do Lab2PT, da Universidade do Minho, com a vigência de dois anos, serão desenvolvidas palestras, exposições e publicações no âmbito de projetos técnicos e científicos, como, a título de exemplo, a investigação “Arquitectura do Bacalhau” de André Carinha Tavares. A primeira ação a desenvolver será o ciclo de conferências “Arquitectura do Mar e da Terra” que decorrerá entre o final de 2018 e junho de 2019, em datas a definir.

Quanto ao CEIS20, da Universidade de Coimbra, que integra valências e conhecimento pluridisciplinar relevantes para o desenvolvimento municipal sustentável, trata-se de um protocolo que “renova”, por tempo indeterminado, a relação estabelecida em 2014 enquanto parte integrante do projeto “Ílhavo, Terra Milenar”. À data, juntamente com o Município e a Universidade e Aveiro, o CEIS220 integrou, plenamente, a equipa de investigação do projeto, em áreas como a etimologia, a geografia, a arqueologia natural, histórica e social, que deu corpo ao importante registo histórico e patrimonial de Ílhavo.

O protocolo a celebrar com a Universidade de Coimbra, tem como objetivos a divulgação de informação, a promoção e otimização de iniciativas e atividades de âmbito científico, cultural e empresarial, e a transferência do saber e o desenvolvimento de parcerias no domínio da educação.

Presentemente, está em fase de desenvolvimento o projeto “Construir Genealogias, Conhecer Gerações” que permite a construção e a disponibilização aos cidadãos de uma base de dados que agrega informação sobre a realidade social e territorial do Município de Ílhavo nos séculos XIX e XX.

DEIXE UMA RESPOSTA

Introduza o seu comentário
Introduza o seu nome