Desentendimento com adepto leva treinador do Illiabum a pedir a demissão

Ânimos exaltados e atitudes irrefletidas no final da partida frente ao Lusitânia dos Açores. João Figueiredo põe o lugar à disposição, mas Comissão Administrativa dá-lhe voto de confiança.

0

Depois de ser eliminado da Taça de Portugal, no Pavilhão Adriano Nordeste, pelo FC Porto, nova derrota para o Illiabum Clube em casa, frente ao Lusitânia dos Açores, em jogo a contar para a 20.ª jornada da Liga Placard.

A partida foi equilibrada. No entanto, parciais de 17-20 e 18-22 na primeira parte acabaram por ditar um desfecho desfavorável para os ilhavenses que, na segunda, não conseguiu pontos suficiente para levar de vencida a equipa insular.

21-20 e 22-21, foram os parciais dos terceiro e quarto períodos, que impuseram o resultado final de 78-83, com o norte-americano Rozelle Nix a destacar-se com 17 pontos e 3 roubos de bola.

Com este resultado o Illiabum mantém-se em zona de playoff de despromoção com 26 pontos, os mesmos que o Maia BC, que está em lugar de descida.

Treinador do IC envolvido em polémica com adepto

No final da partida, os ânimos exaltaram-se entre João Figueiredo, treinador da equipa sénior do Illiabum e, pelo menos, um adepto do clube, reagindo de forma precipitada e irreflectida.

Após o incidente, João Figueiredo colocou o lugar à disposição.

Em comunicado, a Comissão Administrativa que está à frente dos destinos do Illiabum, condena “qualquer ato de violência, verbal ou física, (…) dentro e fora do campo”.

“Não é este o exemplo que queremos transmitir a todos os jovens que frequentam o nosso pavilhão e que veem na nossa equipa um exemplo a serguir”, pode ler-se na mesma nota.

Ainda assim, a estrutura liderada por Pedro Rosa Novo reiterou o apoio ao técnico, que vai continuar à frente da equipa técnica, apelando à “união e serenidade” entre todos, reconhecendo que os adeptos são fundamentais no futuro do clube.

Para a Comissão Administrativa do IC, “os valores do reconhecimento e do respeito pelo passado e presente” de João Figueiredo no Illiabum “se sobrepõem ao ato irrefletido que teve e que prontamente reconheceu como errado”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Introduza o seu comentário
Introduza o seu nome