Sábado, dia 22, comemoram-se os 23 anos de existência da Confraria Gastronómica Bacalhau, com sede em Ílhavo.
Este ano, devido à pandemia e pela primeira vez na sua história, as comemorações terão apenas a presença dos Confrades efetivos e familiares, resumindo-se à receção e “patanisca de boas vindas”, Entronização dos novos Confrades Efetivos e de Honra.

A cerimónia realiza-se no Museu Marítimo de Ílhavo.

Os novos Confrades efetivos são Ângelo Valente, Augusto Nunes e Nuno Cardoso.

Os Confrades de Honra são Duarte Eira e Marques da Silva.

Duarte Eira, chef de cozinha do Salpoente, já conquistou vários prémios e é um dos maiores especialistas na confeção de Bacalhau. Tem estado com a Confraria em vários eventos gastronómicos.

Marques da Silva, Capitão, é natural de Lisboa, onde nasceu em 1931. Foi tripulante do Argus, Gazela I, Creoula e do arrastão bacalhoeiro Santo André, entre outros navios comerciais. Em 1981, foi Professor na Escola Náutica Infante D. Henrique, tendo sido o responsável pela execução do projeto e supervisão da recuperação e adaptação do Lugre Creoula. É autor de várias publicações sobre a pesca do bacalhau e de embarcações tradicionais portuguesas, das quais tem feito pesquisa e fabrico de modelos.

Publicidade