Rita Redshoes

Entre os dias 9 a 12 de junho, realiza-se o Festival Rádio Faneca.

Para além da emissão de rádio, entre as 10 e as 20 horas via online ou em 103.9 FM, que inclui conversas e ‘discos pedidos’, o centro de Ílhavo e os seus becos serão palco de concertos e dj-sets.

O destaque vai para as atuações de Marta Ren + Funk You Brass Band, Fogo Fogo, Lavoisier, Rita Red Shoes, Sal, Castello Branco, Expresso Transatlântico e Criatura. Nos dj-sets, haverá animação protagonizada por Samuel Úria + Bunny O’Williams, Brandos Costumes e Jero.

Os becos vão atrair o público para espetáculos de Equinócio, Aníbal Zola, Bia Maria, Galo Cant’Às Duas, Moses Christopher e Jorge da Rocha.

Destaque ainda para o cine-concerto “Heróis do Mar”, um filme de Fernando Garcia, lançado em 1949, que é considerado o primeiro filme de ficção nacional com narrativa na pesca do bacalhau. Sem banda-sonora, a única película foi digitalizada e restaurada pela Cinemateca-ANIM, com apoio da Câmara Municipal, sendo agora apresentada com música original de Henrique Portovedo e João Martins e uma dobragem interpretativa ao vivo dirigida por Alexandre Sampaio. O espetáculo conta com a participação da Orquestra Filarmónica Gafanhense e da comunidade.

Os ouvintes da rádio e os visitantes do festival poderão contar com uma programação que inclui os podcasts ‘Ílhavo Antigo’ e ‘Bingo’, assim como com uma conversa sobre os 100 anos do jornal ‘O Ilhavense’.

Mais informações aqui.

História
Organizado pela primeira vez em 2012, o Festival Rádio Faneca é um evento que foi crescendo em dimensão ao longo dos anos e tem vindo a animar o centro e os becos de Ílhavo com transmissão de rádio, concertos, exposições, oficinas e artes performativas.

O Festival Rádio Faneca tem ainda a particularidade de chamar a si a população para coproduzir os vários dias de festa. Caso disso é, por exemplo, a Orquestra da Bida Airada, que reunia a comunidade para, em colaboração, criar uma performance musical, e o projeto Casa Aberta, em que os moradores de Ílhavo abriam as portas das suas casas para os inscritos provarem a gastronomia local.

Ao longo destes dez anos, com apenas dois interregnos em 2013 e 2021, por Ílhavo passaram artistas como Ena Pá 2000, Deixem o Pimba em Paz (com Bruno Nogueira e Manuela Azevedo), Capicua, Mazgani, Manel Cruz, Conan Osíris, Clã e Dead Combo.

Publicidade