Rafael Vaz tomou posse como Presidente do Conselho Inter-Regional da Federação Nacional das Associações Juvenis (FNAJ) para um mandato de três anos.

As eleições decorreram durante o 18º Encontro Nacional das Associações Juvenis, em Vila Real de Santo António, que reuniu centenas de dirigentes associativos de todo o país. Marco Santos, natural do Porto, foi eleito presidente da estrutura nacional, tendo contado, na sessão de abertura, com a presença do Primeiro Ministro António Costa.

Rafael Vaz, atual Presidente da Federação das Associações Juvenis do Distrito de Aveiro (FAJDA) e antigo presidente do Grupo de Jovens “A Tulha”, presidirá ao órgão que, entre as Assembleias, avalia o desenvolvimento das linhas gerais de atuação da federação nacional, cabendo-lhe aprovar as medidas a tomar para concretização das decisões da Assembleia.

A FNAJ representa as Associações Juvenis de base local e regional perante os poderes públicos e políticos, e promove um diálogo estruturado e a inclusão de jovens com menos oportunidades na sociedade.

Em comunicado refere-se que “a FNAJ possui uma representação política determinante, defendendo e promovendo os interesses do associativismo juvenil perante os poderes públicos, através de uma participação crítica e ativa”.

Publicidade